MENU

JORNAL O+POSITIVO - FUNDADO EM 2004

terça, 12 de Dezembro de 2017

É FÁCIL VER A DIFERENÇA, COMPARE!

PUBLICIDADE

Manchete

Motos se chocam e deixam homens feridos

SAMU realizou atendimento, mas não comunicou a autoridade policial a suspeita de embriaguez de um dos condutores. Exame de alcoolemia e o teste do “bafômetro” deixaram de ser realizados

24/07/2017, às 08h07

Duas motos que seguiam na mesma direção chocaram por volta das 11h30 desse domingo (23), na Avenida JK, em Piranhas. Segundo testemunhas a Honda Fan placa NFX-2316 estava em alta velocidade quando atingiu a outra da mesma categoria, com placa NGP-4575, pilotada por um funcionário de deposito de gás.

Com várias escoriações nos braços e diversas partes do corpo o suspeito de provocar o acidente, identificado como Josué Marques de Sousa, 49 anos, insistiu para que a Polícia não fosse acionada. Ao funcionário do deposito ele teria dito que não possuía habilitação para dirigir.

O Serviço Móvel de Urgência (SAMU) foi acionado, mas quando chegou ao local Josué já havia distanciado, tentando a fuga. Colhido pelos socorristas o homem foi levado ao Hospital Municipal Cristo Redentor de Piranhas, onde recebeu atendimento.

Testemunhas contaram a essa reportagem que além de não ser habilitado Josué apresentava sinais de embriaguez, na hora do acidente. Mas como o SAMU deixou de cumprir o seu dever, ao não acionar a Polícia não foram realizados o exame de alcoolemia e o teste do “bafômetro”.

Regras de atendimento

No Protocolo de Suporte Avançado de Vida do SAMU, dentro dos Protocolos Especiais, o PE17, que trata das “Regras gerais de abordagem em ocorrências com indícios de crime” determina que os socorristas “deverão considerar indícios de crime todo atendimento com características de acidentes como trânsito, queda, incêndios”, entre outros.

Nesse caso o servidor deverá “atentar para a segurança da equipe, informar precocemente a Regulação Médica, avisar ao policiamento” e ainda, “considerar a necessidade de apoio policial”, que não foi seguido.

 

Veja também

PUBLICIDADE